Psicólogos e Psicanalistas – Terapia Online

Tríplice Psicanalítico Psicólogos e Psicanalistas Online

11 dicas de Como aprender a dizer não

Aprender a dizer não pode ser uma tarefa difícil para muitas pessoas. Muitas vezes, as pessoas sentem que precisam dizer “sim” para agradar aos outros ou evitar conflitos. No entanto, dizer “sim” o tempo todo pode levar a estresse, ansiedade, dependência emocional e até mesmo ressentimento. É por isso que aprender a dizer não é uma habilidade importante para se ter.

psicanalista-para-disfuncao-eretil-na-psicologia
psicóloga-para-aprender-a-dizer-não

11 Dicas Psicológicas de como Aprender a Dizer Não: Como se Posicionar Assertivamente em Qualquer Situação

Algumas pessoas têm medo de desapontar os outros ou de serem rejeitadas. Outras podem sentir que precisam se esforçar para serem amadas ou aceitas em seus relacionamentos. No entanto, dizer “não” não significa que você não se importa com os demais.

Na verdade, aprender a dizer não pode ajudá-la a estabelecer limites saudáveis e a proteger sua própria saúde mental. Neste artigo, serão apresentadas 11 dicas psicológicas para ajudar as pessoas a aprender a dizer não. Essas dicas podem ser úteis para aquelas que desejam aprender a estabelecer limites saudáveis, aprender a se valorizar mais em um relacionamento e a dizer não sem medo e com confiança.

aprender a dizer nao

Entendendo a Importância de aprender a dizer Não

Aprender a dizer não pode ser um desafio para muitos, mas é uma habilidade essencial. Aqueles que constantemente dizem sim podem se encontrar sobrecarregadas, estressadas e até mesmo ressentidas, por isso pode ser difícil superar uma pessoa que não quer mais ficar com você.

Aqui estão algumas razões pelas quais aprender a dizer não é importante:

  1. Estabelecer limites: Dizer não pode ajudar a estabelecer limites e proteger sua saúde mental e física.
  2. Evitar situações prejudiciais: Constantemente dizer sim pode levar a situações prejudiciais ou constrangedoras.
  3. Relacionamentos saudáveis: Dizer não pode ajudar a estabelecer relacionamentos mais saudáveis, onde as necessidades de todos são consideradas.
  4. Autoestima e autoconfiança: Aprender a dizer não pode aumentar a autoestima e a autoconfiança, permitindo que você tome decisões que são do seu próprio interesse.
  5. Compreender o seu valor pessoal: Aprender a dizer não também envolve compreender o seu próprio valor pessoal. Quando você reconhece o seu valor, torna-se mais fácil dizer não a situações ou pessoas que não estão alinhadas com suas necessidades e objetivos. Isso fortalece sua capacidade de tomar decisões que são verdadeiramente benéficas para você.

Por que é difícil aprender a dizer não? Entenda as razões por trás dessa dificuldade

Aprender a dizer não é um desafio comum enfrentado por muitos. Esta dificuldade pode surgir em várias situações, seja ao recusar um convite para sair ou ao negar um pedido de favor. Aprender a dizer não pode estar atrelado a vários fatores, como o medo de desagradar alguém, o receio de parecer rude ou a falta de autoconfiança. Frequentemente, as pessoas acabam dizendo sim quando, na verdade, gostariam de dizer não. Isso pode gerar desconforto e até mesmo ansiedade, pois se sentem pressionadas a fazer algo que não desejam.

É comum as pessoas tentarem oferecer ajuda a quem acreditam precisar, num evidente mecanismo de projeção, aliado à assunção do papel de salvador. No entanto, aprender a dizer não é crucial para estabelecer limites saudáveis e garantir o cuidado consigo mesmo. Mesmo assim, quando se trata de dizer não, muitas pessoas são relutantes em fazê-lo. Embora possa parecer simples, dizer não pode ser difícil por uma variedade de razões. Este artigo explora alguns dos desafios mais comuns que as pessoas enfrentam quando tentam dizer não:

Medo da Rejeição

Frequentemente, as pessoas hesitam em dizer “não” por receio de serem rejeitadas ou mal compreendidas. Elas têm medo de que recusar possa afetar negativamente o relacionamento com o outro. Esse medo de rejeição é ainda mais intenso quando a pessoa que está fazendo o pedido é alguém que a pessoa aprecia ou admira.

aprender a dizer nao 1
mulher-sentada-com-medo-de-dizer-não

Desejo de Agradar

O medo de dizer “não” muitas vezes está enraizado no desejo profundo de agradar aos outros. É necessário fazer terapia para trabalhar os motivos que estão por traz dessa busca por aprovação e evitar qualquer sinal de desagrado ou decepção por parte dos outros.

Muitos sentem que recusar é ser egoísta ou rude, e acreditam que devem sempre estar disponíveis para ajudar os outros. Essas pessoas podem se sentir culpadas por dizer “não” e preocupadas com o que os outros vão pensar delas.

Fazendo terapia, você passa a entender as suas motivações e a incorporar gradualmente o hábito de estabelecer limites e priorizar suas próprias necessidades, e assim desenvolver uma maior confiança e assertividade nas interações com os outros.

Falta de Autoconfiança

Quando alguém não confia em si mesmo, é comum que sempre coloque as necessidades dos outros acima das suas. Isso resulta em uma invalidação pessoal, porque essa pessoa não acredita em si mesma nem em suas próprias escolhas. Por não se amar e não se conhecer verdadeiramente, ela acaba sempre dizendo “sim” para os outros e “não” para si mesma.

Essa falta de confiança em si mesma não apenas dificulta a habilidade de dizer “não”, mas também impede que estabeleça limites saudáveis. O medo de ser menos popular ou menos respeitada pode se sobressair, levando a pessoa a se submeter continuamente às vontades alheias em detrimento de suas próprias necessidades e desejos.

aprender a dizer nao 2
mulher-sentada-com-medo-de-aprender-a-dizer-não

Experiências da infância

As experiências da infância desempenham um papel fundamental no desenvolvimento emocional e psicológico de uma pessoa, influenciando sua capacidade de estabelecer limites saudáveis e dizer “não” quando necessário na fase adulta. Essas vivências também moldam as crenças, valores e padrões de comportamento de uma pessoa, impactando não apenas sua maneira de agir, mas também sua autoestima e autoconfiança.

As interações com os cuidadores e o ambiente familiar durante os primeiros anos de vida podem influenciar profundamente como uma pessoa percebe a si mesma e ao mundo ao seu redor. Portanto, criar um ambiente seguro e amoroso na infância é essencial para promover um desenvolvimento emocional e psicológico saudável, capacitando as crianças a se tornarem adultos autoconfiantes e seguros de si.

Evitar conflitos

Uma das razões pelas quais as pessoas acham difícil dizer não é porque querem evitar conflitos ou desapontar os outros. No entanto, ao dizer sim quando realmente querem dizer não, as pessoas podem acabar se sobrecarregando e prejudicando seu próprio bem-estar.

Além disso, ceder constantemente aos pedidos dos outros pode levar à exaustão física e mental, minando a capacidade de cuidar de si mesmas e comprometendo sua saúde emocional. É importante lembrar que estabelecer limites saudáveis é essencial para manter relacionamentos equilibrados e promover um senso de autonomia e respeito mútuo.

Impactos Psicológicos de Não Aprender a dizer Não

Quando uma pessoa tem dificuldade em aprender a dizer não, ela pode sofrer diversos impactos psicológicos. Esses impactos podem afetar sua autoestima, sua autoconfiança, suas relações interpessoais e sua saúde mental.

Impactos Psicológicos: Estresse e Ansiedade

  • Aumento do estresse e da ansiedade: Não aprender a dizer “não” pode resultar em sobrecarga de responsabilidades, levando a sentimentos de estresse e ansiedade.
  • Sensação de incapacidade de cumprir responsabilidades: Comprometer-se a fazer algo que não se quer ou não há tempo pode levar a uma sensação de sobrecarga e dificuldade em cumprir todas as responsabilidades.
  • Sentimentos negativos: A falta de habilidade para dizer “não” pode resultar em sentimentos de ansiedade, frustração e até mesmo depressão, devido à sobrecarga e ao desgaste emocional.

aprender-a-dizer-não
terapia-para-aprender-a-dizer-não

Impactos Psicológicos: Depressão

  • Sensação de impotência e falta de controle sobre a própria vida pode contribuir para o desenvolvimento de sintomas depressivos.
  • Baixa autoestima e autovalorização podem alimentar pensamentos negativos e sentimentos de tristeza e desesperança.

Impactos Psicológicos: Perda de Autoestima

  • Perda de autoestima: Não aprender a dizer “não” pode resultar na diminuição da autoestima.
  • Sentimento de menos importância e valorização: Ao colocar-se sempre em segundo plano, a pessoa pode começar a sentir-se menos importante e menos valorizada.
  • Baixa autoestima e sentimentos negativos: Isso pode levar a uma baixa autoestima, gerando sentimentos de inadequação, desvalorização e falta de amor próprio.

Impactos Psicológicos: Culpa

  • Dizer “não” pode ser interpretado como egoísmo, gerando sentimento de culpa e medo de decepcionar os outros.
  • Dificuldade em reconhecer e priorizar as próprias necessidades pode levar a um ciclo de culpa e autocrítica.

Impactos Psicológicos: Dificuldades nos Relacionamentos

  • Acumular ressentimento por constantemente dizer “sim” quando se quer dizer “não” pode prejudicar a comunicação e gerar conflitos nos relacionamentos.
  • Dificuldade em expressar vontades e necessidades pode levar a mal-entendidos e frustração nas relações interpessoais.

Impactos Psicológicos: Relacionamentos Tóxicos

  • Relacionamentos tóxicos: A dificuldade em dizer “não” pode levar a relacionamentos prejudiciais.
  • Atração de pessoas aproveitadoras: Ao não estabelecer limites claros, a pessoa pode atrair indivíduos que se aproveitam de sua vulnerabilidade.
  • Falta de respeito pela autonomia: Essa falta de limites pode atrair pessoas que não respeitam a autonomia e individualidade da pessoa.
  • Relacionamentos abusivos: Essa dinâmica pode resultar em relacionamentos abusivos, caracterizados por manipulação, controle excessivo e falta de respeito.
  • Importância de dizer “não”: Aprender a dizer “não” é essencial para proteger-se e manter relacionamentos saudáveis e respeitosos.

aprender-a-dizer-não
terapia-para-aprender-a-dizer-não

A Psicologia Por Trás do Aprender a Dizer Não

A psicologia que envolve o ato de aprender a dizer não é complexa e profundamente enraizada em nossa história de vida. Desde a infância, as experiências que vivenciamos moldam a maneira como recebemos amor, como nos amamos e como lidamos com nossas emoções ao tomar decisões.

A psicologia por trás do não também envolve a compreensão das emoções envolvidas na tomada de decisões. Por exemplo, a ansiedade pode fazer com que as pessoas digam sim quando realmente querem dizer não, enquanto a raiva pode fazer com que as pessoas digam não sem considerar as consequências. Você já se sentiu assim?

Ao compreender as emoções envolvidas na tomada de decisões, ao explorar as questões subjacentes à dificuldade de aprender a dizer não e ao aprender a gerenciá-las por meio da terapia, as pessoas podem desenvolver maior confiança e capacidade para dizer não quando necessário. Conheça nossa equipe de psicólogos, prontos para recebê-la. Ao iniciar esta nova fase de sua vida conosco, você começará a aprender a dizer não.

aprender-a-dizer-não
terapia-para-aprender-a-dizer-não

Dica 1 para Aprender a Dizer Não: Reconheça Seus Direitos

Para aprender a dizer não, é importante reconhecer seus próprios direitos. É importante lembrar que você tem o direito de estabelecer limites saudáveis ​​e dizer não sempre que você achar necessário. Reconhecer seus direitos pode ajudar a fortalecer sua autoestima e autoconfiança.

Aqui estão alguns exemplos de direitos que você tem:

  • O direito de dizer não sem se sentir culpada.
  • O direito de expressar suas necessidades e sentimentos.
  • O direito de escolher seus próprios valores e prioridades.
  • O direito de ser tratada com respeito e dignidade.
  • O direito de estabelecer limites saudáveis.

Ao reconhecer seus direitos, você pode se sentir mais confiante em aprender a dizer não quando necessário.

Dica 2 para Aprender a Dizer Não: Saiba o que você quer

Saber o que se quer é uma habilidade essencial para quem quer aprender a dizer não. Trata-se de uma forma de se expressar de maneira clara e assertiva de acordo com as suas prioridades e desejos, sem deixar espaço para que os outros interpretem suas palavras de forma equivocada.

Saber o que quer e os seus limites, é importante para que você expresse de forma assertiva até onde o outro pode ir e aprender a dizer não em toda e qualquer situação que você se sentir desrespeitada. Por fim, é fundamental que você mantenha uma postura firme e segura ao se expressar. Saber o que se quer e se conhecer melhor pode levar tempo e exigir paciência, mas é uma habilidade que pode ser desenvolvida através da terapia e que trará muitos benefícios no longo prazo.

aprender a dizer nao 1 1

Dica 3 para Aprender a Dizer Não: Use Linguagem Corporal Assertiva

Uma das razões principais que travam muita gente na hora de dizer não é o receio de parecer grosseiro ou antipático. No entanto, é totalmente viável ser firme e, ao mesmo tempo, manter uma abordagem amigável e respeitosa. Uma tática eficaz para alcançar isso é dominar a linguagem corporal assertiva.

Quando se trata de recusar algo, é crucial manter-se de pé com uma postura sólida e uma expressão confiante. Essa atitude transmite a mensagem de que sua decisão é firme e não será facilmente abalada por tentativas de persuasão. Outro aspecto importante é manter o contato visual durante a conversa. Isso não apenas indica que você está ouvindo atentamente, mas também demonstra que está levando a sério o assunto em discussão.

Por último, é crucial que sua linguagem corporal esteja em sintonia com suas palavras. Se você está dizendo não, mas sua linguagem corporal sugere hesitação ou insegurança, pode gerar confusão e mal-entendidos. Portanto, é essencial garantir que sua postura física corresponda à sua mensagem verbal para evitar qualquer ambiguidade e obter os resultados desejados.

Dica 4 para Aprender a Dizer Não: saiba quais as situações que você considera desrespeitosa

Saber os seus próprios limites e até que ponto você considera uma situação falta de respeito é fundamental para aprender a dizer não. Quando se está em uma situação de pressão, pode ser difícil manter a compostura e tomar uma decisão consciente e assertiva. Uma das melhores maneiras de Saber os seus próprios limites é pensar nas situações que você se sentiu desrespeitada ou invadida em seu espaço físico e pessoal.

Desenvolver isso pode requerer tempo e ajuda do seu processo de terapia para descobrir as razões que estão por traz da sua dificuldade em impor limites e aprender a dizer não. É preciso ter paciência consigo mesma e não se cobrar demais. Aprender a dizer não é um processo gradual e constante, e pode levar tempo até que se sinta confortável com essa atitude.

aprender-a-dizer-não
terapia-para-aprender-a-dizer-não

Dica 5 para Aprender a Dizer Não: Seja Direta

Para muitas pessoas, aprender a dizer não pode ser difícil e desconfortável. No entanto, ser direta pode ser uma das maneiras mais eficazes de dizer não e evitar mal-entendidos. Ao ser direta, você deve ser clara e objetiva sobre sua resposta, sem deixar espaço para explicações. Isso pode ajudar a evitar situações em que a outra pessoa pode tentar persuadir ou convencer você a mudar de ideia.

Por exemplo, em vez de dizer:

“Eu não tenho certeza se posso fazer isso”

você pode dizer:

Eu não posso fazer isso” ou “Eu não quero fazer

Isso deixa claro que você não quer ou não tem a disponibilidade para realizar a tarefa solicitada. Ser direta também pode ajudar a pessoa a se sentir mais confiante em sua resposta, pois você estará sendo honesta e clara sobre seus limites e necessidades.

Dica 6 para Aprender a Dizer Não: Não Se Justifique Demais

Quando alguém pede algo e a resposta é não, muitas vezes a pessoa que nega sente a necessidade de se justificar. No entanto, explicar demais pode fazer com que a outra pessoa sinta que precisa convencer a primeira a dizer sim.

Portanto, é importante ser clara e firme ao dizer não, sem se sentir obrigada a explicar suas razões em excesso. Uma boa maneira de evitar justificativas excessivas é dizer “não, obrigada” sem oferecer mais detalhes. Se a outra pessoa insistir, é possível explicar brevemente, mas sem entrar em muitos detalhes.

Por exemplo:

não posso hoje porque já tenho outros compromissos

Além disso, é importante lembrar que você não se deve sentir culpada por dizer não. Cada pessoa tem o direito de escolher como usar seu tempo e energia, e dizer não pode ser uma maneira de proteger sua saúde mental e física.

aprender a dizer nao 1 2

Dica 7 para Aprender a Dizer Não: Comece com Pequenas Negativas

Uma das maneiras mais eficazes de aprender a dizer não é começar com pequenas negativas. Isso significa que você deve começar a aprender a dizer não para coisas pequenas e menos importantes até que você se sinta mais segura e confiante para situações que você considera mais desafiadoras. Ao começar com pequenas negativas, você estará se acostumando a dizer não e ganhando confiança para dizer não em situações mais difíceis.

Além disso, você estará estabelecendo limites saudáveis ​​e aprendendo a respeitar suas próprias necessidades e desejos. Começar com pequenas negativas pode ser um processo gradual, mas com o tempo, você se sentirá mais confortável dizendo não e estabelecendo limites saudáveis ​​em sua vida.

Dica 8 para Aprender a Dizer Não: Desenvolva a Autoconfiança

A autoconfiança é um fator chave para aprender a dizer não. Quando alguém tem confiança em si mesma, é mais fácil para essa pessoa estabelecer limites e estabelecer limites quando necessário. Para desenvolver a autoconfiança, existem algumas sugestões que podem ajudar:

  • Aceite-se: Aceite-se como você é, com seus defeitos e qualidades. Não se compare com outras pessoas e não se cobre demais.
  • Reconheça suas conquistas: Faça uma lista de suas realizações e leia-a regularmente. Isso ajudará a lembrar-se de suas capacidades e conquistas.
  • Desafie-se: Tente coisas novas e desafiadoras, mesmo que tenha medo de falhar. Isso ajudará a aumentar sua autoconfiança e autoestima.
  • Cuide de si mesma: Faça exercícios físicos que faça sentido para você, alimente-se bem de acordo com o seu estilo de vida, durma o suficiente e faça terapia. Cuidar de si mesma ajuda a aumentar a autoconfiança.
  • Mantenha uma postura confiante: Mantenha uma postura ereta e olhe as pessoas nos olhos quando falar com elas. Isso ajuda a transmitir confiança.

Desenvolver a autoconfiança não é algo que acontece da noite para o dia, mas é um processo contínuo que é adquirido através do seu processo de Terapia. Com o tempo e a prática, é possível aumentar a autoconfiança e aprender a dizer não de maneira mais eficaz.

aprender a dizer nao 3

Dica 9 para Aprender a Dizer Não: Evite a Culpa

Uma das principais razões pelas quais as pessoas têm dificuldade em dizer não é porque elas se sentem culpadas por recusar um pedido ou negócio. No entanto, é importante entender que dizer não não é uma coisa ruim e não deve ser motivo de culpa. Para evitar sentir-se culpada, é importante lembrar que você tem o direito de dizer não. Você não é obrigada a fazer algo que não quer ou que não é de sua responsabilidade. Além disso, é importante lembrar que aprender a dizer não pode ser benéfico para você e para os outros envolvidos.

Uma maneira de evitar a culpa é fazer Terapia para compreender e elaborar as questões que estão por traz dessa culpa. Não dê desculpas ou tente justificar sua decisão, apenas diga não. Além disso, é importante lembrar que dizer não não significa que você não se importa com a outra pessoa ou com a situação. Você pode oferecer alternativas ou sugestões para ajudar a pessoa a resolver o problema de outra forma.

Ao evitar a culpa, você pode se sentir mais confiante e confortável ao dizer não. Lembre-se de que é importante cuidar de si mesma fazendo Terapia e estabelecer limites saudáveis ​​para evitar sobrecarga ou estresse desnecessário.

Dica 10 para Aprender a Dizer Não: Mantenha a Consistência

Manter a consistência é uma das dicas mais importantes para aprender a dizer não. Quando alguém não é consistente em suas respostas, pode enviar sinais confusos para os outros, o que pode levar a mais pedidos indesejados. Para manter a consistência, é importante que você se conheça bem e saiba quais são seus limites e prioridades.

Dessa forma, você pode responder de forma mais clara e objetiva, sem se sentir pressionada a dizer sim quando na verdade quer dizer não. Por fim, é importante você seja consistente em suas respostas mesmo quando é difícil dizer não. Isso pode ser especialmente desafiador em situações em que você possa se sentir pressionada a dizer sim, como quando o pedido vem de um superior no trabalho. No entanto, manter a consistência nessas situações pode te ajudar a se sentir mais confiante e respeitada a longo prazo.

aprender a dizer nao 1 3

Dica 11 para Aprender a Dizer Não: Aprenda a Impor Limites

Aprender a dizer não é uma habilidade essencial que todos devemos dominar. É por isso que estamos aqui com a Dica 11 para ajudá-la a fazer exatamente isso. Esta dica é sobre aprender a impor limites, um passo crucial para aprender a dizer não com confiança.

Impor limites não é apenas sobre aprender a dizer não, é sobre respeitar seu próprio tempo, energia e necessidades emocionais. Quando você aprende a impor limites, você se capacita para tomar decisões que beneficiam sua saúde mental e bem-estar geral.

curso-para-aprender-a-se-valorizar-mais-em-um-relacionamento
curso-para-aprender-a-se-valorizar-mais-em-um-relacionamento

Então, como você pode começar a impor limites e aprender a dizer não? Com o nosso curso online exclusivo, desenvolvido por nossos psicólogos especialistas Aprender a Impor Limites. Este curso online será mais do que apenas conteúdo, fazendo o curso você vai aprender a desenvolver seu amor próprio, sua autoestima, confiança e comunicação assertiva.

Nosso objetivo é auxiliar mulheres a quebrar o ciclo da insegurança, baixa autoestima e falta de amor próprio. Ao adquirir nosso curso, você não apenas terá acesso a conhecimentos valiosos, mas também começará a perceber o quanto é a pessoa mais importante em sua vida.

Fazendo o curso online para Aprender a Impor Limites você ganha:

  1. Atendimento de 50 minutos grátis com os nossos Psicólogos.
  2. E-book exclusivo e grátis para aprender a se amar.
  3. 100% online e suporte direto através do WhatsApp.
  4. E tudo isso a partir de apenas R$ 9,83 por mês.

Não perca esta oportunidade única. Clique aqui para saber mais e começar a sua jornada de transformação hoje mesmo.

A Importância de fazer Terapia para aprender a dizer não

Você já se sentiu sobrecarregada pelo peso do mundo? E se eu te dissesse que existe uma maneira de aliviar esse peso? Uma maneira de encontrar clareza em meio ao caos, força na vulnerabilidade e a habilidade de aprender a dizer não quando necessário. Essa maneira é a terapia.

A terapia não é apenas para momentos de crise. É uma ferramenta poderosa para o crescimento pessoal e o autoconhecimento. Ela nos ajuda a entender nossos sentimentos, pensamentos e comportamentos, permitindo-nos fazer mudanças positivas em nossas vidas. Aprender a dizer não é uma dessas mudanças. Dizer não é um ato de autoafirmação, uma declaração de que suas necessidades são importantes.

No entanto, muitos de nós lutam para fazer isso, temendo o julgamento ou a rejeição dos outros. A terapia pode nos ajudar a superar esses medos. Ela nos ensina que dizer não não é egoísmo, mas sim um ato de autocuidado. Ela nos mostra que temos o direito de estabelecer limites e priorizar nosso bem-estar. Lembre-se, investir em terapia é investir em si mesma. Você vale a pena!

Chegamos ao final

Espero que essas 11 dicas poderosas tenham iluminado o caminho para você aprender a dizer não e a se colocar em primeiro lugar em sua vida. Como psicóloga, minha maior alegria é ver minhas pacientes florescerem em autonomia, amor próprio, respeito e autoestima. Ver vocês se tornando donas de suas verdades e escolhas é uma conquista imensurável.

Nós somos uma clinica de psicologia com psicólogos e psicanalistas online e estamos aqui prontas para te apoiar quando você decidir dar esse passo corajoso em direção à mudança. Porque você merece ser a protagonista da sua própria história.

Marque o seu atendimento

Escanear o código
Open Chat

Psicóloga Lorena SáPsicóloga

Lorena Sá, psicóloga clínica e fundadora do site tríplicepsicanalitico.com, destaca-se por sua atuação na área da psicologia, oferecendo informações e suporte por meio de seu trabalho clínico e plataforma online.

Quem leu esse artigo também se interessou por:

autoestima

Autoestima

O que é autoestima? O que fortalece a autoestima? A autoestima é um pilar fundamental…

Ler mais

Deixe um comentário

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá
Podemos ajudá-lo?
Como estabelecer limites na relação conjugal? Como colocar limites na sogra Como dar limites aos pais